sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Prática para ajudar a acalmar crianças.


     A pedido de uma paciente querida e avó de uma garotinha agitada me inspiro a escrever esse texto.

      As crianças desta geração estão expostas a milhões de estímulos, fazendo com que fiquem muito agitadas, e cabe a nós adultos, ajudá-las nesse processo, ensinando-as e ajudando com que se mantenham conectadas em seu próprio corpo.

    Acredito que existe sempre um motivo para uma alteração de comportamento de uma criança e é sempre importante explorar essa questão antes de qualquer coisa.

    Tentar entender o que ela está sentindo e o porquê de suas reações. Todos nós fomos criança um dia e se ficarmos um pouquinho mais abertos e receptivos conseguiremos perceber suas reais necessidades.

    Antes de iniciar qualquer contato com uma criança, tente estar presente em você mesmo, conectado, para que não “reaja” ou tente dominá-la. Pense nela com muito respeito, pois ali habita uma alma, que mesmo com um corpo pequenino, tem como você, suas necessidades.

    Tente abordá-la inicialmente em um momento que ela não esteja tão agitada, depois do banho, por exemplo, pode ser um bom momento.

    Acredito que a massagem pode ser uma ferramenta bem eficiente para ajudar a criança a restaurar o equilíbrio, é uma técnica com benefícios comprovados cientificamente, com o poder de proporcionar relaxamento, maior integração sensorial, alívio das frustrações, melhora da atenção, concentração, qualidade do sono, diminuição do medo e melhora da forma como a criança se relaciona com ela mesma e com o mundo.

    E claro que a criança não precisa estar necessariamente com algum desequilíbrio para fazer massagem, pois pode-se utilizar essas técnicas para manutenção de um equilíbrio.

     Com a criança deitada ou sentada confortavelmente, você pode começar a fazer uma massagem suave em seus pés:

- Friccione suas mãos com um pouquinho de óleo ou creme para massagem (lavanda por ter propriedade calmante é uma ótima opção);
- Em seguida, deslize suas mãos suavemente pelos seus pezinhos por mais ou menos um minuto.
- Com as pontas dos dedos pressione suavemente toda sola do pé evoluindo para movimentos circulares na mesma região.
- Com seu indicador e polegar faça uma pinça e puxe suave e lentamente a pontinha de cada dedo do pé.
- Passando a massagem para o dorso do pé, deslize suavemente os dedos subindo até os tornozelos, finalizando a massagem com o pouso suave de suas mãos sobre os pés da criança por alguns segundos.
- Para manter o calorzinho e relaxamento da massagem você pode deixar os pés vestidos com meias confortáveis.


     Outra opção é um “carinho massagem no couro cabeludo e testa”

- Com a criança deitada com a cabeça em seu colo
- Faça movimentos circulares com as pontas dos dedos sobre o couro cabeludo, descendo lentamente para a testa.
- Na região da testa, faça um deslizamento suave com as mãos do centro da testa para fora.
- Você pode terminar a massagem massageando suavemente as orelhinhas da criança com as pontas do indicador e polegar fazendo círculos de cima para baixo (da ponta superior até a inferior da orelha- lóbulo da orelha).
Tente criar uma rotina onde você consiga pelo menos uma vez por semana fazer uma pausa para criar esse vínculo com a criança.

    Você pode começar com essas técnicas simples e rápidas e se a partir dela sentir vontade buscar técnicas de massagens para todo o corpo como a Shantala ou Massagem Relaxante

     Depois da massagem você também pode sugerir que a criança fique sentadinha de forma ereta, feche os olhos e perceba com esta o corpo dela, como ela esta se sentindo e estimule que ela permaneça por alguns minutinhos de olhos fechados. Pode ser um momento para você também desligar e fazer uma pequena pausa junto com ela, ajudando ainda mais a aumentar a conexão entre vocês.

    Essa é apenas uma sugestão, existem milhões de possibilidades, é só você estar disponível e perceptivo que sua intuição ira te guiar!

    Lembrando que não é legal forçar a criança a nada, respeitá-la é sempre mais importante, então se não for o momento dela, aceite!

     Deixo aqui algumas dicas de artigos que busquei como referência e um link de vídeo com técnica de massagem para crianças.

- Vídeo da Super Nanny ensinando técnica de massagem para crianças:
Links de artigos para maior aprofundamento:

 -  Os Efeitos Fisiológicos da Massagem Terapêutica em Bebês que Residem  Em Orfanatos. http://www.unifieo.br/files/download/site/PIBIC/IniciacaoCientifica/0220fisfa.pdf

-  CRUZ, C. M.V. da; CAROMANO F. A. Características das técnicas de massagem para bebês. Rev. Ter. Ocup. Univ. São Paulo, São Paulo, v. 16, n. 1, p. 47-53, jan./abr., 2005.

- CRUZ, Cláudia Marchetti Vieira da; Caromano, Fátima Aparecida. Efeitos fisiológicos da massagem para bebês. Fisioter.Bras:7(2): 149-154, mar-abr.2006
- SORIANO, Juliana. A influência da Shantala para o desenvolvimento de bebês. 2013. 35 f. Trabalho de conclusão de curso (licenciatura - Pedagogia) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2013. Disponível em: <http://hdl.handle.net/11449/121369>.